Pular para o conteúdo principal

Giro Além Oiapoque - Viagem Concluída - Vídeos no Vlog

E aí galera, tudo bem? Tirando o pó e as teias de aranhas daqui do blog \o/

No post anterior descrevi o planejamento de uma viagem pelo norte do Brasil, e agora volto com ela concluída, bem, na verdade voltamos em Novembro de 2017, mas vcs entenderam né :-X

Entre Outubro e Novembro de 2017, meu amigo Boni e eu realizamos mais um sonho, rodar pelo norte do Brasil, com direito a passar na BR319 e um pedaço da Transamazônica, duas das mais desafiadoras rodovias brasileiras, voltamos com o sentimento de superação, felizes por cada km percorrido e por cada nova amizade forjada na estrada. Dessa vez fiz diferente, em vez de registrar escrevendo por aqui...registrei tudo em vídeo e postei no Youtube, no canal Rumo Aos Sonhos, que convido todos a conhecerem, bora pra maratona?

Episódio 1: Arrumando a bagagem: Sabem como é né, mulheres...muita bagagem, não foi uma missão fácil, mas minha organização ajudou muito durante toda a viagem, então fica aí o registro das dicas:



Episódio 2: Agoooora é estrada pra valer. No primeiro dia rodamos 878 kms de Jundiaí a Chapadão do Sul, com direito ao primeiro perrengue: Pneu furado na Teneré =/ mas no fim deu tudo certo.

Meu, pensem num calor, calor, calor... parecia que tinha um secador ligado em cima da gente o tempo todo rsrs mas cada km valeu a pena. Como o foco era o norte, esses primeiros dias foram apenas para deslocamento, então mto chão o dia inteiro.



Episódio 3: De Chapadão do Sul a Cuiabá MT, chão chão chão calor calor calor e curtição com a galera do Lunáticos, pessoal gente boa demais!!!



Episódio 4: De Cuiabá a Porto Velho RO, como é bom rever amigos e fazer novos companheiros de estrada. Rondônia é um estado mto especial, com uma história fantástica e que vale a pena o compartilhamento :-)



Episódio 5: A passagem pela BR 319, a famosa Rodovia Fantasma que liga Porto Velho a Manaus. Ao contrário do que muitos temiam devido a época que fomos, pegamos ela seca, nada dos famosos atoleiros, mas isso não a deixou necessariamente tão mais fácil e nem menos cansativa.

Como sempre, na minha opinião, mais do que os lugares são as pessoas que fazem cada km valer a pena, então espero que tbm se interessem pelos causos, papos e boas pessoas que encontramos pelo caminho. Tentei editar de uma forma que sirva de referência para futuros viajantes, com o registro de todos os pontos de apoio



Episódio 6: Manaus foi uma cidade tão especial que vale a pena ter um episódio só pra ela. Nos encantamos pelas belezas naturais, com direito a fazer um passeio de barco super bacana, conferindo de perto o encontro das águas no Rio Amazonas, visitamos uma tribo indígena, vimos botos e vários outros animais...enfim, bora conferir o/

E mais uma vez, as pessoas que cruzaram nosso caminho fizeram cada km valer ainda mais a pena, turma animada \o/ 



Episódio 7: Roraima nos surpreendeu e merece dois episódios especiais, portanto neste primeiro fomos de Manaus AM a Boa Vista RR, com direito a uma passadinha em Lethem, na Guiana Inglesa, fronteira com o Brasil.



Episódio 8: Pra quem não sabe Uiramutã é considerado o município mais ao norte do Brasil, alguns acham que é o Oiapoque... mas não é rsrs e Roraima nos surpreendeu muuuuuito, valeu a pena cada km. Encaramos muuuuuitos kms de off, pedras, mato, pneu furado, uma vista incrível e uma cachoeira deliciosa, é um lugar que vou voltar sempre que tiver oportunidade rsrs diversão garantida!!!!
Apesar da crise na Venezuela, a parte próxima ao Brasil é de boa, então rodamos uns 300 kms por lá, afim de conhecer a Gran Sabana, uma região linda que vale a pena a visita.



Episódio 9: Ficar mais de 30 horas num barco atravessando o rio Amazonas em direção a Santarém foi uma experiência inusitada rsrs nunca havia dormido em rede (E aí, acham que sobrevivi ou não?) Nunca havia ficado tanto tempo num barco rsrs e nunca havia visto um rio tão grande kkkk essas são as experiências inesquecíveis que uma viagem nos proporciona, cansativo, mas um aprendizado :)



Episódio 10: Alter do Chão é considerado o caribe brasileiro, e quer saber? É lindo mesmo!!! Uma delicia aquelas praias de água doce com as águas claras do rio Tapajós, surpreendente! A única coisa que estranhei é que a água era quente, fora da água tbm era quente... tudo era quente kkkkk mas foi legal demais!!! Uma região do Brasil que vale ser percorrida e prestigiada por nós, brasileiros!



Episódio 11: E finalmente a hora da volta, tudo o que é bom dura pouco né, mas nem por isso deixou de ser uma aventura. Para a volta pegamos um boooom pedaço da Transamazônica, com desafios e cansaço extremo. Neste vídeo tbm estão registradas algumas estatísticas que sempre me perguntam, então espero que as informações sejam úteis.



Bem, espero que gostem, se puderem agradeço a quem se inscrever no canal o/ e bora pras próximas pq ainda há muito a percorrer por aí :-)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vlog Rumo aos Sonhos - Episódio 010 e 011 - Um bate papo sobre a Lander

Não é todo dia que encontramos uma moto com quase 270 mil kms rodados, e essa é a atual quilometragem da minha Lander. Peguei a motoca zero km no dia 25/01/2014, meu objetivo era ter uma moto novinha para a primeira viagem para o exterior, o Giro Latino, que já está registrado aqui no blog. Desde então tivemos a chance de percorrer juntas 9 países aqui da América Latina, sem contar a parceria dia a dia nas idas ao trabalho, faculdade e muito mais. Já foram muitos kms de alegria, e fico na expectativa para que venham muito mais! Devido essa alta quilometragem, muitos me perguntam sobre as manutenções que faço, se já fiz o motor...então para esclarecer todas as dúvidas, decidi fazer dois vídeos relacionados. O Episódio 010 respondo a clássica pergunta se já fiz o motor da Lander, e sim, já fiz, com 176 mil kms. Quando tinha 100 mil kms, o eixo da rosca do pinhão espanou e rodei 76 mil kms com o pinhão soldado. Para resolver o problema de uma vez por todas, fizemos o evento do QG da

13/11 - De Puerto Pirámides a Caleta Olivia

Durante o planejamento da viagem fiquei bem tranquila, mas na véspera da saída, sinceramente, o receio e o medo do que estava por vir ficaram constantes nos meus pensamentos. Tinha medo de uma viagem tão longa num grupo de 5 pessoas, tinha medo de não atingir nossas expectativas ou de novamente sofrer algum acidente. Medo de possíveis conflitos de relacionamento, personalidade, medo de problemas que pudéssemos ter, medo de a moto não aguentar a viagem e, principalmente, medo de não conseguir realizar esse objetivo. Havia lido muito sobre o caminho, as adversidades, as dificuldades... cada relato tinha uma característica, e nunca é fácil a superação. Mas justamente deixar os medos pra trás é o que separa as pessoas que sonham das que realizam. Uma das principais dificuldades do caminho, especificamente, é o vento, mas vamos por partes... Depois do acidente do Kpot, passamos em Puerto Madryn para comprar outro retrovisor para a Teneré, e aliás, que cidade linda! Em Puerto Madr

A primeira de muitas - Ponta Grossa, Curitiba e Antonina - 07 a 11 de Julho

Como diz Fernando Pessoa, "a vida é o que fazemos dela", e para viajantes, a fazemos muito mais bonita! Assim foram os dias 07 a 11 de Julho, onde o Cassiano e eu percorremos as estradas de São Paulo e Paraná. Certa vez li que uma viagem vem para nos tornar conhecedores de si mesmos e sinceros nas atitudes, e essa viagem veio pra solidificar ainda mais nosso sentimento, proporcionar conhecer ainda mais um ao outro, sentir nossa alegria em estar junto e dar a certeza que desejamos muitos e muitos kms de alegria, as vezes cada um com sua moto...as vezes os dois em uma moto...de ônibus...a pé...não importa, o que vale é estarmos sempre cheios de expectativas e abertos para as novas experiências que estão surgindo. Mas senta que lá vem história... No dia 7 saí de Jundiaí e fui encontrá-lo em Capão Bonito, de lá seguimos pra Ponta Grossa, nosso primeiro destino. Nosso objetivo por lá era conhecer a Abadia da Ressurreição, um mosteiro muito bonito cujos monges belamente apres