Pular para o conteúdo principal

05/11 - De Punta Del Leste UY a Montevidéo UY

"A melhor coisa é poder viajar
E se livrar do stress de São Paulo
Ficar numa casa ali bem perto do mar
Chegar e ver que as ondas estão rolando
Eta vontade de querer viver"
Planta e Raiz - Aquele Lugar  

A melhor coisa do mundo é poder viajar!!! Estava recentemente conversando com o pessoal sobre como é gostosa essa sensação de fugir da rotina, não saber o que tem por vir, as pessoas que vamos encontrar, as paisagens que vamos ver... tudo surpreende, tudo encanta!!!

Bem, já estamos em Ushuaia e estou com as postagens atrasadas... mas vamos lá, de olho na garupa virtual ;)

No dia 05 saímos de Punta Del Leste em direção a Montevidéu, mas com vários atrativos pelo caminho. Fiquei encantada com o Uruguai, país muito organizado, rodovia fantástica, muitas placas para indicações, pessoas simpáticas.... foi muito legal mesmo!!!

Saímos cedo do Hostel... mas desde o início tem resenha. Ficar no Hostel foi uma aventura, pq era um quarto pequeno para nós 5, sendo duas treliches, então... não foi fácil, olha a saga do Gerson para dormir rsrsrs


Mas quando se tem amigos, mesmo com perrengue... cada instante vale a pena!!!



E mesmo assim recomendado: Trip Hostel, pagamos o equivalente a 18 dólares na estadia.


Logo na esquina tem um posto de gasolina, então saímos prontos...


Nosso primeiro destino foi a Ponte Ondulada, em "La Barra", para isso, percorremos boa parte do litoral de Punta Del Leste




... e é realmente lindo!!!








Na ponte, sinceramente, acho que o engenheiro era motociclista. Não é novidade que amo ponte \o/ mas essa, é mágica!!! Uma delícia de passar.




O próximo destino foi a Casa Pueblo, em Punta Ballena. Antes de entrarmos na casa em si, nos encantamos com o visual do lugar, simplesmente incrível!!!




O Boni fala que dentro do capacete e nessas horas encontramos Deus, e concordo com ele!!!





E sempre com orgulho em levar as bandeiras rsrs XREOnline...


e Filhos da Lua \o/ sou uma pessoa muito bandeirada rsrs




Fomos finalmente para a Casa Pueblo. Essa era a casa de verão do artista plástico e arquiteto uruguaio Carlos Páez Vilaró, uma construção muito inusitada. Custa 200 pesos a entrada, o equivalente a R$ 25 . O visual de lá tbm é demais!!!



Mas como não manjamos nada de arte... curtimos foi a paisagem mesmo rsrs


E deixamos nosso registro no livro de visita \o/


Por lá as coisas e restaurantes são bem caros pro nosso bolso, então seguimos viagem e pouco depois encontramos um bom posto de gasolina, o suficiente para um lanche e seguir viagem ;-)

O próximo destino foi o Castelo Pittamiglio, "pertenceu ao famoso alquimista Humberto Pittamiglio, um dos mais reconhecidos na região e quem, desde que adquiriu o terreno em 1910 e até o dia de sua morte não deixou de construí-lo. 
O edifício é uma das pontas de um triângulo de energia formado pela Praça Matriz, na cidade antiga de Montevidéu, o castelo de Piria em Piriápolis e ele. As pontas são conhecidas por alquimistas do mundo inteiro como grandes concentrações energéticas e procuradas por milhares de pessoas que procuram curas ou meditação." --> fonte http://www.uruguai.com/o-que-fazer/cidade/castelo-pittamiglio.html

É gratuita a entrada, mas agora vão ter que pedir permissão pro Boni pra ir lá, afinal comprou um belo terreno no estacionamento :-P

Uma construção bem interessante :-)





Lá dentro tem algumas exposições...pinturas...algo assim











Continuamos seguindo...



E o próximo destino foi o monumento El Águila. Todos esses atrativos é no caminho para Montevidéu e tudo muito bem sinalizado na rodovia.


O monumento fica na Villa Argentina, na cidade de Atlântida, é um lugar em forma de águia, muito bonito de se ver :-)




O tempo estava agradável, então aproveitei pra molhar pelo menos o pé na praia, tem oportunidades que são únicas, sentir as boas energias de lugares que até então, só sonhava pelas fotos.





Lugar legal demais!!!


Em Atlântida, na avenida principal tem uma padaria muito boa, perto do supermercado, e comer é com a gente mesmo kkkkk


E como sempre acontece... somos atrativos por onde passamos rsrs fomos no supermercado e encontramos dois brasileiros num grupo de jovens religiosos rsrs pose pra foto ;-)


Bem, chega de enrolar e bora pra Montevidéu. Como toda cidade grande, meio cruél rodar por lá, mas ainda assim muito bem sinalizada. Demoramos umas 2 horas pra achar hotel, e acabamos ficando num luxuoso que estourou nosso orçamento, se não me engano foram 400 pesos por pessoa.


Cada dia é especial, e este foi mais um que enriqueceu nossa história...

e é verdade,

sinceramente,

A melhor coisa do mundo é poder viajar!!!   :-)

Comentários

  1. Ola pessoal
    Como sempre ótimas fotos, e os comentários melhores ainda, continuo na carona de vcs
    Buenas Rutas,
    A melhor coisa do mundo é poder viajar, estou viajando com vcs,
    Julio Bandeira

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A primeira de muitas - Ponta Grossa, Curitiba e Antonina - 07 a 11 de Julho

Como diz Fernando Pessoa, "a vida é o que fazemos dela", e para viajantes, a fazemos muito mais bonita! Assim foram os dias 07 a 11 de Julho, onde o Cassiano e eu percorremos as estradas de São Paulo e Paraná. Certa vez li que uma viagem vem para nos tornar conhecedores de si mesmos e sinceros nas atitudes, e essa viagem veio pra solidificar ainda mais nosso sentimento, proporcionar conhecer ainda mais um ao outro, sentir nossa alegria em estar junto e dar a certeza que desejamos muitos e muitos kms de alegria, as vezes cada um com sua moto...as vezes os dois em uma moto...de ônibus...a pé...não importa, o que vale é estarmos sempre cheios de expectativas e abertos para as novas experiências que estão surgindo. Mas senta que lá vem história... No dia 7 saí de Jundiaí e fui encontrá-lo em Capão Bonito, de lá seguimos pra Ponta Grossa, nosso primeiro destino. Nosso objetivo por lá era conhecer a Abadia da Ressurreição, um mosteiro muito bonito cujos monges belamente apres

13/11 - De Puerto Pirámides a Caleta Olivia

Durante o planejamento da viagem fiquei bem tranquila, mas na véspera da saída, sinceramente, o receio e o medo do que estava por vir ficaram constantes nos meus pensamentos. Tinha medo de uma viagem tão longa num grupo de 5 pessoas, tinha medo de não atingir nossas expectativas ou de novamente sofrer algum acidente. Medo de possíveis conflitos de relacionamento, personalidade, medo de problemas que pudéssemos ter, medo de a moto não aguentar a viagem e, principalmente, medo de não conseguir realizar esse objetivo. Havia lido muito sobre o caminho, as adversidades, as dificuldades... cada relato tinha uma característica, e nunca é fácil a superação. Mas justamente deixar os medos pra trás é o que separa as pessoas que sonham das que realizam. Uma das principais dificuldades do caminho, especificamente, é o vento, mas vamos por partes... Depois do acidente do Kpot, passamos em Puerto Madryn para comprar outro retrovisor para a Teneré, e aliás, que cidade linda! Em Puerto Madr

Vlog Rumo aos Sonhos - Episódio 010 e 011 - Um bate papo sobre a Lander

Não é todo dia que encontramos uma moto com quase 270 mil kms rodados, e essa é a atual quilometragem da minha Lander. Peguei a motoca zero km no dia 25/01/2014, meu objetivo era ter uma moto novinha para a primeira viagem para o exterior, o Giro Latino, que já está registrado aqui no blog. Desde então tivemos a chance de percorrer juntas 9 países aqui da América Latina, sem contar a parceria dia a dia nas idas ao trabalho, faculdade e muito mais. Já foram muitos kms de alegria, e fico na expectativa para que venham muito mais! Devido essa alta quilometragem, muitos me perguntam sobre as manutenções que faço, se já fiz o motor...então para esclarecer todas as dúvidas, decidi fazer dois vídeos relacionados. O Episódio 010 respondo a clássica pergunta se já fiz o motor da Lander, e sim, já fiz, com 176 mil kms. Quando tinha 100 mil kms, o eixo da rosca do pinhão espanou e rodei 76 mil kms com o pinhão soldado. Para resolver o problema de uma vez por todas, fizemos o evento do QG da