Pular para o conteúdo principal

Bota Fora Giro Cone Sul - 18/10/2015 - Pirassununga



Quem me dará um ombro amigo
Quando eu precisar?
E se eu cair, se eu vacilar
Quem vai me levantar?
Sou eu, quem vai ouvir você
Quando o mundo não puder te entender
Foi Deus, quem te escolheu pra ser
O melhor amigo que eu pudesse ter

Amigos, pra sempre
Bons amigos que nasceram pela fé
Amigos, pra sempre
Para sempre amigos sim, se Deus quiser

Quem é que vai me acolher
Na minha indecisão
Se eu me perder pelo caminho
Quem me dará a mão
Foi Deus, quem consagrou você e eu
Para sermos bons amigos, num só coração
Por isso eu estarei aqui
Quando tudo parecer sem solução
Peço a Deus que te guarde
(Que te guarde, abençoe e mostre a sua face)
E te dê a sua paz

Amigos Pela Fé - Anjos de Resgate
 

Descobri a música acima quando estava justamente pensando em como iniciar este post... e pelo tempo que esperei para escrever... da pra perceber que pensei muito em como colocaria cada palavra.

No dia 18 de Outubro fizemos o nosso rolê do Bota Fora, uma forma de nos despedirmos dos amigos antes da grande aventura para o Ushuaia, e claro, como sempre foi incrível !!! Fiquei pensando como conseguimos quebrar o paradigma de que despedidas são situações meio tristes, no nosso caso, encontrar todos é sempre garantia de muita amizade, respeito e diversão.

Então senta aí que lá vem história rsrs \o/

No primeiro PE tive a feliz surpresa de encontrar o Lucio. O Lucio é o tipo de pessoa que queremos sempre por perto!!! Ele diz que meus relatos o inspiram a rodar, mas no fundo, ouvir isso é que me inspira, porque é muito legal poder passar adiante um pouco do que aprendemos na estrada, e acho que isso nos enriquece como pessoas e como motociclistas.


Infelizmente o Campana e ele não seguiram no bonde conosco, mas os poucos minutos juntos já valeram muito a pena!!!

Partimos para o segundo PE, e preciso registrar aqui que judiei da galera, para economizar tempo rodamos quase 150 kms direto, para viagens em grupo essa é uma quilometragem muito alta, mas no fim deu tudo certo ;-) É lindo de ver aquele bonde grandão na estrada *-*


O primeiro ponto de visitação foi a Cachaçaria Sapucaia, parece ser irônico um monte de motociclistas ir visitar uma cachaçaria, mas apesar da degustação, todos são muito conscientes com respeito aos cuidados com o trânsito :-)


Fizemos um rápido lanche...



E partimos para uma aula sobre como é feita uma cachaça artesanal, e é bem bacana :-)



Lugar simples e interessante. E olha que máximo \o/ mais um Filho da Lua no bonde rsrs \o/


E fui pega em flagrante rsrs


De lá, seguimos para o almoço na Cachoeira de Emas, infelizmente não tem cachoeira rsrs mas foi legal mesmo assim. Lá encontramos um pessoal a galera de Brotas e mais uma turma que acabamos nos desencontrando, mas foi show.


Por sinal, um deles, o Paulo Marques, é jornalista e escreveu a seguinte matéria sobre nós num jornal de Barretos:


O almoço foi uma delícia, restaurante Done recomendado \o/


Na música citada acima, tem um trecho que diz:

 Amigos, pra sempre
Bons amigos que nasceram pela fé
Amigos, pra sempre
Para sempre amigos sim, se Deus quiser


Nossa amizade nasceu pela paixão por motocar por aí, mas esse gosto em comum foi muito além da estrada :-) hoje somos amigos realmente, torcendo pela realização dos sonhos de cada um, e que esses bons sentimentos permaneçam "para sempre, amigos sim, se Deus quiser". :-)




Segue o vídeo do Bota Fora editado por mim:



E também a versão do passeio do Wagner do Canal Tenebrosa Azul



Valeu moçada \o/ nos vemos em dezembro ;-)




Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A primeira de muitas - Ponta Grossa, Curitiba e Antonina - 07 a 11 de Julho

Como diz Fernando Pessoa, "a vida é o que fazemos dela", e para viajantes, a fazemos muito mais bonita! Assim foram os dias 07 a 11 de Julho, onde o Cassiano e eu percorremos as estradas de São Paulo e Paraná. Certa vez li que uma viagem vem para nos tornar conhecedores de si mesmos e sinceros nas atitudes, e essa viagem veio pra solidificar ainda mais nosso sentimento, proporcionar conhecer ainda mais um ao outro, sentir nossa alegria em estar junto e dar a certeza que desejamos muitos e muitos kms de alegria, as vezes cada um com sua moto...as vezes os dois em uma moto...de ônibus...a pé...não importa, o que vale é estarmos sempre cheios de expectativas e abertos para as novas experiências que estão surgindo. Mas senta que lá vem história... No dia 7 saí de Jundiaí e fui encontrá-lo em Capão Bonito, de lá seguimos pra Ponta Grossa, nosso primeiro destino. Nosso objetivo por lá era conhecer a Abadia da Ressurreição, um mosteiro muito bonito cujos monges belamente apres

13/11 - De Puerto Pirámides a Caleta Olivia

Durante o planejamento da viagem fiquei bem tranquila, mas na véspera da saída, sinceramente, o receio e o medo do que estava por vir ficaram constantes nos meus pensamentos. Tinha medo de uma viagem tão longa num grupo de 5 pessoas, tinha medo de não atingir nossas expectativas ou de novamente sofrer algum acidente. Medo de possíveis conflitos de relacionamento, personalidade, medo de problemas que pudéssemos ter, medo de a moto não aguentar a viagem e, principalmente, medo de não conseguir realizar esse objetivo. Havia lido muito sobre o caminho, as adversidades, as dificuldades... cada relato tinha uma característica, e nunca é fácil a superação. Mas justamente deixar os medos pra trás é o que separa as pessoas que sonham das que realizam. Uma das principais dificuldades do caminho, especificamente, é o vento, mas vamos por partes... Depois do acidente do Kpot, passamos em Puerto Madryn para comprar outro retrovisor para a Teneré, e aliás, que cidade linda! Em Puerto Madr

Vlog Rumo aos Sonhos - Episódio 010 e 011 - Um bate papo sobre a Lander

Não é todo dia que encontramos uma moto com quase 270 mil kms rodados, e essa é a atual quilometragem da minha Lander. Peguei a motoca zero km no dia 25/01/2014, meu objetivo era ter uma moto novinha para a primeira viagem para o exterior, o Giro Latino, que já está registrado aqui no blog. Desde então tivemos a chance de percorrer juntas 9 países aqui da América Latina, sem contar a parceria dia a dia nas idas ao trabalho, faculdade e muito mais. Já foram muitos kms de alegria, e fico na expectativa para que venham muito mais! Devido essa alta quilometragem, muitos me perguntam sobre as manutenções que faço, se já fiz o motor...então para esclarecer todas as dúvidas, decidi fazer dois vídeos relacionados. O Episódio 010 respondo a clássica pergunta se já fiz o motor da Lander, e sim, já fiz, com 176 mil kms. Quando tinha 100 mil kms, o eixo da rosca do pinhão espanou e rodei 76 mil kms com o pinhão soldado. Para resolver o problema de uma vez por todas, fizemos o evento do QG da