Pular para o conteúdo principal

15 a 17/11 - Nacional do Teneré Club - Ibitipoca MG

"A verdadeira família é aquele unida pelo espírito, e não pelo sangue"

Essas palavras de Luiz Gasparetto refletem muito bem o sentimento que muitos motociclistas tentam explicar, mas que poucas pessoas se permitem entender, e quando permitem... nasce o desejo de fazer parte.

Não é a primeira vez aqui no blog que descrevo algum grupo como família, claro que a de sangue é super importante e tenho um carinho enorme principalmente pelos meus pais, mas é sobre as duas rodas que está a maior identificação, a união e o espírito que nos emociona. É a junção da paixão de motocar com o verdadeiro companheirismo para o que der e vier, é a busca da liberdade e da alegria que, quando compartilhada na estrada, transborda o coração e se reflete no olhar... mas principalmente no sorriso.

Bem, entre os dias 15 à 17 de Novembro ocorreu o Nacional do Teneré Club, em Ibitipoca, pois é, dessa vez foi o evento oficial, visto que já havíamos aparecido por lá justamente num pré nacional (e já tem uma galera pensando no pós viu rsrs), e se o pré foi o máximo... esse não poderia ter sido diferente \o/

Pegamos a estrada na quinta a tarde tendo como destino São Lourenço, afim de pernoitarmos e continuarmos a viagem no dia seguinte. Ficamos numa pousadinha super simples mas deliciona, a Terra das águas, conhecida de outros rolês tbm.


Na sexta feira pegamos a estrada, o principal desafio que tivemos foi um probleminha que surgiu em uma das motos, o pinhão estava mto desgastado e o alarme estava zuado, mas mesmo com algumas paradas...pudemos seguir viagem normalmente.

Encontramos a galera do RJ num restaurante em Lima Duarte, e aí sim sentimos que o ajuntamento seria dos grandes:






A estrada entre Lima Duarte e Ibitipoca estava cheia de aventura, puro off por uns 20 kms e uns subidões de pedras desafiadores, mas que enche de orgulho depois que passa rsrs.

Olha o estado da cidadã ao chegar na vila:




Por lá foi todo mundo cuidar de se acomodar, a programação começaria logo mais com um churrasco pra galera. Fiquei com a galera do RJ na mansão do Miranda, e que casa linda viu, confortável e que conseguiu acomodar todos, mto bom!!!



E com uma vista deslumbrante *-*




A noite rolou o churrasco na pousada Vida Leve, o Boni quase enlouqueceu pra dar conta de preparar carne pra aquele monte de gente... eu correndo com pão de alho e o que aparecia, o Miranda coordenando e suprindo tudo, o Celio cortando carne, a Isabel ajudando a servir, o Radamés dando suporte tbm e mais uma galera ajudando... que loucura!!! Ralamos hein rsrs mas foi legal, acho que o pessoal saiu satisfeito, e nós, recompensados!!!


 













E ainda com presença ilustre do Gusta \o/ legal demais revê-lo :-D



No sábado saí acordando todo mundo... (quase todos né Dust rsrs) acelerando a galera para irmos para o Parque Estadual do Ibitipoca, um lugar simplesmente incrível!!! Natureza é o máximo!!!


 








Mágico!!!

Na parte da tarde tentamos tirar a foto oficial, mas faltou um monte de gente, então não ficou tão oficial assim rsrs



Mas bem na hora da foto caiu uma chuva danada, mas nada que fizesse perder a animação \o/



E a noite, um jantar de confraternização pra lá de animado :-D rsrs . Mas vou pedir aposentadoria no Teneré Club viu, até assistente de palco eu virei rsrs to trabalhando demais rsrsrs







O retorno no domingo foi puxado, fiquei apressando o pessoal sem nem imaginar que eu teria problemas logo mais, mal deixava a galera comer rsrsrs mas...


Minha relação estava desgastada e o pinhão não aguentou, detonou totalmente :'( não tendo outra alternativa a não ser trocar.

Mas mesmo com as adversidades, não fiquei sozinha, família/amigos tirando sarro... mas apoiando em todos os momentos


Todos mesmo!!!


Tive que trocar a relação no dia seguinte, só assim foi possível terminar a viagem =/


E no fim, mais uma viagem realizada e com um sentimento de que momentos assim se perdure para sempre!!!



Mais de 60 motos... quase 100 participantes, sucesso total!!!

Segue o vídeo com a montagem das imagens, espero que curtam :-)



E que venham muitos outros rolês por aí o/ vamos que vamos \o/


Importante: Quem desejar fazer o download das fotos, estão disponíveis no Picasa aqui

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A primeira de muitas - Ponta Grossa, Curitiba e Antonina - 07 a 11 de Julho

Como diz Fernando Pessoa, "a vida é o que fazemos dela", e para viajantes, a fazemos muito mais bonita!

Assim foram os dias 07 a 11 de Julho, onde o Cassiano e eu percorremos as estradas de São Paulo e Paraná. Certa vez li que uma viagem vem para nos tornar conhecedores de si mesmos e sinceros nas atitudes, e essa viagem veio pra solidificar ainda mais nosso sentimento, proporcionar conhecer ainda mais um ao outro, sentir nossa alegria em estar junto e dar a certeza que desejamos muitos e muitos kms de alegria, as vezes cada um com sua moto...as vezes os dois em uma moto...de ônibus...a pé...não importa, o que vale é estarmos sempre cheios de expectativas e abertos para as novas experiências que estão surgindo.

Mas senta que lá vem história...

No dia 7 saí de Jundiaí e fui encontrá-lo em Capão Bonito, de lá seguimos pra Ponta Grossa, nosso primeiro destino. Nosso objetivo por lá era conhecer a Abadia da Ressurreição, um mosteiro muito bonito cujos monges belamente apresentam…

15/11 - O dia que as coisas não saíram como o planejado

"Se algo pode dar errado, dará!" 
Esta é a famosa lei de Murphy, e é impressionante como se contextualiza em viagens de moto. No nosso Giro não poderia ser diferente, e pra falar a verdade, ela veio a tona dia 15/11 , o dia em que NADA deveria ter dado errado.

Bem, saímos pela manhã do hotel Liporaca, em Rio Gallegos.


O Alfredo estava tbm quase pronto pra sair, mas como ele anda muito e estava com uma BMW fomos na frente, mas não demorou muito para que nos alcançasse.

Nos ajudou muito explicando como proceder na Aduana, pois neste trecho passamos pelo Chile, acredito que menos 300 kms, mas é necessário seguir os procedimentos de entrada e saída do país.

O dia já não começou muito bem quando pedi a caneta emprestada do atendente chileno. Ele emprestou e falou para devolver, ok, mas emprestei pra um dos colegas, que foi passando para outro, e para outro, e depois chegou um ônibus... todo mundo usando... quando fui ser atendida, qual a primeira coisa que o atendente pediu? A …

14/11 - De Caleta Olivia a Rio Gallegos

Amigos se reconhecem! Já escrevi esta frase aqui no blog dezenas de vezes, mas a cada dia tenho mais certeza que essas palavras são reais, vamos lá... que nosso objetivo está cada vez mais perto!!

A partir de Comodoro Rivadavia diminuiu um pouquinho (em alguns trechos) as retas intermináveis da Ruta 3 e pegamos trechos lindos beirando o mar.



E neste trecho realmente começamos a sentir o frio pra valer.
E olha aí... até o Tux já pegou a rota para Ushuaia rsrs

Num posto de gasolina conhecemos  o Alfredo Paz, um motociclista que mora em Ushuaia. Ele nos deu muitas dicas do caminho e inclusive recomendou o hotel que ficaria em Rio Gallegos, explicando certinho como chegar lá... bacana né \o/

Numa breve parada no meio do nada...


Desafiamos o vento rsrs e saímos perdendo rsrs

Nos posts anteriores mostramos como realmente o vento é forte, e se vc colocar a moto a favor do vento... ela cai rsrs e o Boni... sempre o Boni... quis tirar a prova kkkk, deu no que deu :-P

Felizmente não estrago…