Pular para o conteúdo principal

15 a 17/11 - Nacional do Teneré Club - Ibitipoca MG

"A verdadeira família é aquele unida pelo espírito, e não pelo sangue"

Essas palavras de Luiz Gasparetto refletem muito bem o sentimento que muitos motociclistas tentam explicar, mas que poucas pessoas se permitem entender, e quando permitem... nasce o desejo de fazer parte.

Não é a primeira vez aqui no blog que descrevo algum grupo como família, claro que a de sangue é super importante e tenho um carinho enorme principalmente pelos meus pais, mas é sobre as duas rodas que está a maior identificação, a união e o espírito que nos emociona. É a junção da paixão de motocar com o verdadeiro companheirismo para o que der e vier, é a busca da liberdade e da alegria que, quando compartilhada na estrada, transborda o coração e se reflete no olhar... mas principalmente no sorriso.

Bem, entre os dias 15 à 17 de Novembro ocorreu o Nacional do Teneré Club, em Ibitipoca, pois é, dessa vez foi o evento oficial, visto que já havíamos aparecido por lá justamente num pré nacional (e já tem uma galera pensando no pós viu rsrs), e se o pré foi o máximo... esse não poderia ter sido diferente \o/

Pegamos a estrada na quinta a tarde tendo como destino São Lourenço, afim de pernoitarmos e continuarmos a viagem no dia seguinte. Ficamos numa pousadinha super simples mas deliciona, a Terra das águas, conhecida de outros rolês tbm.


Na sexta feira pegamos a estrada, o principal desafio que tivemos foi um probleminha que surgiu em uma das motos, o pinhão estava mto desgastado e o alarme estava zuado, mas mesmo com algumas paradas...pudemos seguir viagem normalmente.

Encontramos a galera do RJ num restaurante em Lima Duarte, e aí sim sentimos que o ajuntamento seria dos grandes:






A estrada entre Lima Duarte e Ibitipoca estava cheia de aventura, puro off por uns 20 kms e uns subidões de pedras desafiadores, mas que enche de orgulho depois que passa rsrs.

Olha o estado da cidadã ao chegar na vila:




Por lá foi todo mundo cuidar de se acomodar, a programação começaria logo mais com um churrasco pra galera. Fiquei com a galera do RJ na mansão do Miranda, e que casa linda viu, confortável e que conseguiu acomodar todos, mto bom!!!



E com uma vista deslumbrante *-*




A noite rolou o churrasco na pousada Vida Leve, o Boni quase enlouqueceu pra dar conta de preparar carne pra aquele monte de gente... eu correndo com pão de alho e o que aparecia, o Miranda coordenando e suprindo tudo, o Celio cortando carne, a Isabel ajudando a servir, o Radamés dando suporte tbm e mais uma galera ajudando... que loucura!!! Ralamos hein rsrs mas foi legal, acho que o pessoal saiu satisfeito, e nós, recompensados!!!


 













E ainda com presença ilustre do Gusta \o/ legal demais revê-lo :-D



No sábado saí acordando todo mundo... (quase todos né Dust rsrs) acelerando a galera para irmos para o Parque Estadual do Ibitipoca, um lugar simplesmente incrível!!! Natureza é o máximo!!!


 








Mágico!!!

Na parte da tarde tentamos tirar a foto oficial, mas faltou um monte de gente, então não ficou tão oficial assim rsrs



Mas bem na hora da foto caiu uma chuva danada, mas nada que fizesse perder a animação \o/



E a noite, um jantar de confraternização pra lá de animado :-D rsrs . Mas vou pedir aposentadoria no Teneré Club viu, até assistente de palco eu virei rsrs to trabalhando demais rsrsrs







O retorno no domingo foi puxado, fiquei apressando o pessoal sem nem imaginar que eu teria problemas logo mais, mal deixava a galera comer rsrsrs mas...


Minha relação estava desgastada e o pinhão não aguentou, detonou totalmente :'( não tendo outra alternativa a não ser trocar.

Mas mesmo com as adversidades, não fiquei sozinha, família/amigos tirando sarro... mas apoiando em todos os momentos


Todos mesmo!!!


Tive que trocar a relação no dia seguinte, só assim foi possível terminar a viagem =/


E no fim, mais uma viagem realizada e com um sentimento de que momentos assim se perdure para sempre!!!



Mais de 60 motos... quase 100 participantes, sucesso total!!!

Segue o vídeo com a montagem das imagens, espero que curtam :-)



E que venham muitos outros rolês por aí o/ vamos que vamos \o/


Importante: Quem desejar fazer o download das fotos, estão disponíveis no Picasa aqui

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A primeira de muitas - Ponta Grossa, Curitiba e Antonina - 07 a 11 de Julho

Como diz Fernando Pessoa, "a vida é o que fazemos dela", e para viajantes, a fazemos muito mais bonita! Assim foram os dias 07 a 11 de Julho, onde o Cassiano e eu percorremos as estradas de São Paulo e Paraná. Certa vez li que uma viagem vem para nos tornar conhecedores de si mesmos e sinceros nas atitudes, e essa viagem veio pra solidificar ainda mais nosso sentimento, proporcionar conhecer ainda mais um ao outro, sentir nossa alegria em estar junto e dar a certeza que desejamos muitos e muitos kms de alegria, as vezes cada um com sua moto...as vezes os dois em uma moto...de ônibus...a pé...não importa, o que vale é estarmos sempre cheios de expectativas e abertos para as novas experiências que estão surgindo. Mas senta que lá vem história... No dia 7 saí de Jundiaí e fui encontrá-lo em Capão Bonito, de lá seguimos pra Ponta Grossa, nosso primeiro destino. Nosso objetivo por lá era conhecer a Abadia da Ressurreição, um mosteiro muito bonito cujos monges belamente apres

Vlog Rumo aos Sonhos - Episódio 010 e 011 - Um bate papo sobre a Lander

Não é todo dia que encontramos uma moto com quase 270 mil kms rodados, e essa é a atual quilometragem da minha Lander. Peguei a motoca zero km no dia 25/01/2014, meu objetivo era ter uma moto novinha para a primeira viagem para o exterior, o Giro Latino, que já está registrado aqui no blog. Desde então tivemos a chance de percorrer juntas 9 países aqui da América Latina, sem contar a parceria dia a dia nas idas ao trabalho, faculdade e muito mais. Já foram muitos kms de alegria, e fico na expectativa para que venham muito mais! Devido essa alta quilometragem, muitos me perguntam sobre as manutenções que faço, se já fiz o motor...então para esclarecer todas as dúvidas, decidi fazer dois vídeos relacionados. O Episódio 010 respondo a clássica pergunta se já fiz o motor da Lander, e sim, já fiz, com 176 mil kms. Quando tinha 100 mil kms, o eixo da rosca do pinhão espanou e rodei 76 mil kms com o pinhão soldado. Para resolver o problema de uma vez por todas, fizemos o evento do QG da

13/11 - De Puerto Pirámides a Caleta Olivia

Durante o planejamento da viagem fiquei bem tranquila, mas na véspera da saída, sinceramente, o receio e o medo do que estava por vir ficaram constantes nos meus pensamentos. Tinha medo de uma viagem tão longa num grupo de 5 pessoas, tinha medo de não atingir nossas expectativas ou de novamente sofrer algum acidente. Medo de possíveis conflitos de relacionamento, personalidade, medo de problemas que pudéssemos ter, medo de a moto não aguentar a viagem e, principalmente, medo de não conseguir realizar esse objetivo. Havia lido muito sobre o caminho, as adversidades, as dificuldades... cada relato tinha uma característica, e nunca é fácil a superação. Mas justamente deixar os medos pra trás é o que separa as pessoas que sonham das que realizam. Uma das principais dificuldades do caminho, especificamente, é o vento, mas vamos por partes... Depois do acidente do Kpot, passamos em Puerto Madryn para comprar outro retrovisor para a Teneré, e aliás, que cidade linda! Em Puerto Madr