Pular para o conteúdo principal

Descobrindo Prado ... um paraíso!!!

Aiaiai os dias estão sendo puxados e não estou sempre com acesso à internet, por isso estou atrasada com as postagens rsrs desculpe aos que ficaram preocupados comigo, está tudo certo ;-)

Bem, ainda falando de Prado, lá é realmente lindo, uma cidade que está em nossos corações, tanto pela hospitalidade quanto pelas belezas naturais. No dia 10/07 partimos para conhecer um pouco mais desse paraíso e rodar de moto, e no fim, descobrimos dezenas de praias lindas, voltamos revigorados de tanto prazer :-) confiram as fotos, tenho certeza que se encantarão também *-*

Pra começar, o dia estava nublado, mas o Rodrigo tem uma simpatia boa pra isso: O caçula do grupo precisa desenhar um sol sorrindo, assim o dia fica mais feliz e ensolarado rsrs.E não é que o trem funciona? Como manda a tradição então, eu que sou a caçula do grupo e filha única caprichei no desenho ....


E olha que dia lindo foi abrindo ... sou pé quente hein :-P


Nota: Lembrar de fazer isso quando for sair com os Aqualanders ... ops, Highlanders !!! Deu pra perceber que não é o Rodrigo e nem eu o problema hein :-P

Enquanto esperávamos pra sair, observei o Jamanta manusear um Guaiamum, bichinho feio ... arrrggg!!!





Bem, hora de ir pra estrada e "vamo que vamo", descobertas à frente, e minha fazer e eu estamos guerreiras hein, enfrentando estrada de terra e tudo mais!!! \o/ Ok ok a estrada estava em ótimas condições, mas poxa, tenho receio do mesmo jeito :-( terra com moto street é complicado :-(


Segue uma sequências de várias praias que passamos ...




























De moto, com certeza vamos aos melhores lugares !!! E da melhor forma !!!












E eis que chegamos à praia da paixão, por essa nos encantamos tanto que ficamos por lá o resto do dia ... maravilhosa, e com um restaurantezinho que servia um prato feito muito saboroso também, recomendado !!!











Férias, SUA LINDA!!! Não termina nãooooo, por favoooorrrrr, isso é que é vida !!!


Lugar incrível né, na volta ainda fomos premiados com um por do sol mágico ...






É incrível como lugares tão simples se tornam tão especiais, não precisamos necessariamente de luxo, cruzeiros, hotéis gigantes ... mas sim de paixão e grandes amigos, do restante, a natureza já nos dá como presente, essa é a lição do dia :-)


E vamo que vamo porque ainda tem muito chão pela frente \o/

;-)

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A primeira de muitas - Ponta Grossa, Curitiba e Antonina - 07 a 11 de Julho

Como diz Fernando Pessoa, "a vida é o que fazemos dela", e para viajantes, a fazemos muito mais bonita!

Assim foram os dias 07 a 11 de Julho, onde o Cassiano e eu percorremos as estradas de São Paulo e Paraná. Certa vez li que uma viagem vem para nos tornar conhecedores de si mesmos e sinceros nas atitudes, e essa viagem veio pra solidificar ainda mais nosso sentimento, proporcionar conhecer ainda mais um ao outro, sentir nossa alegria em estar junto e dar a certeza que desejamos muitos e muitos kms de alegria, as vezes cada um com sua moto...as vezes os dois em uma moto...de ônibus...a pé...não importa, o que vale é estarmos sempre cheios de expectativas e abertos para as novas experiências que estão surgindo.

Mas senta que lá vem história...

No dia 7 saí de Jundiaí e fui encontrá-lo em Capão Bonito, de lá seguimos pra Ponta Grossa, nosso primeiro destino. Nosso objetivo por lá era conhecer a Abadia da Ressurreição, um mosteiro muito bonito cujos monges belamente apresentam…

13/11 - De Puerto Pirámides a Caleta Olivia

Durante o planejamento da viagem fiquei bem tranquila, mas na véspera da saída, sinceramente, o receio e o medo do que estava por vir ficaram constantes nos meus pensamentos. Tinha medo de uma viagem tão longa num grupo de 5 pessoas, tinha medo de não atingir nossas expectativas ou de novamente sofrer algum acidente. Medo de possíveis conflitos de relacionamento, personalidade, medo de problemas que pudéssemos ter, medo de a moto não aguentar a viagem e, principalmente, medo de não conseguir realizar esse objetivo.

Havia lido muito sobre o caminho, as adversidades, as dificuldades... cada relato tinha uma característica, e nunca é fácil a superação. Mas justamente deixar os medos pra trás é o que separa as pessoas que sonham das que realizam.

Uma das principais dificuldades do caminho, especificamente, é o vento, mas vamos por partes...

Depois do acidente do Kpot, passamos em Puerto Madryn para comprar outro retrovisor para a Teneré, e aliás, que cidade linda!


Em Puerto Madryn tbm com…

15/11 - O dia que as coisas não saíram como o planejado

"Se algo pode dar errado, dará!" 
Esta é a famosa lei de Murphy, e é impressionante como se contextualiza em viagens de moto. No nosso Giro não poderia ser diferente, e pra falar a verdade, ela veio a tona dia 15/11 , o dia em que NADA deveria ter dado errado.

Bem, saímos pela manhã do hotel Liporaca, em Rio Gallegos.


O Alfredo estava tbm quase pronto pra sair, mas como ele anda muito e estava com uma BMW fomos na frente, mas não demorou muito para que nos alcançasse.

Nos ajudou muito explicando como proceder na Aduana, pois neste trecho passamos pelo Chile, acredito que menos 300 kms, mas é necessário seguir os procedimentos de entrada e saída do país.

O dia já não começou muito bem quando pedi a caneta emprestada do atendente chileno. Ele emprestou e falou para devolver, ok, mas emprestei pra um dos colegas, que foi passando para outro, e para outro, e depois chegou um ônibus... todo mundo usando... quando fui ser atendida, qual a primeira coisa que o atendente pediu? A …