Pular para o conteúdo principal

12 à 15/07 – Itabuna e Ilhéus


Certa vez li uma frase marcante de Vinícius de Morais:

“A gente não faz amigos, reconhece-os!!!”

Esse foi o sentimento que eu tinha quando saí de Prado, até aquele momento estava rodando realmente com grandes amigos, o Rodrigo é um parceirão que me ensinou um monte de coisa sobre moto, sobre viagem, estrada, e principalmente, sobre como me virar, certo macgyver?  ;-)  A Jane .. um prazer enorme conhecê-la, um amor de pessoa, companheira super animada e pronta para o que der e vier :-D Seu Flávio e a Cris então ... tão bonzinhos, pacientes ... foi tudo incrível, muito gratificante e recompensador, mas como tudo o que é bom dura pouco ... de Prado em diante seria um desafio ainda maior, teria que colocar tudo o que aprendi  em prática, pois meus parceiros voltariam pro RJ e eu seguiria sozinha e determinada até Pernambuco \o/

As carretas prontas para partir...



Também iria deixar a pousada do Jamanta, e foi o máximo conhecê-los tbm, família gente boa demais :-D E despedida é sempre tão chato né ... mas vamos que vamos \o/ Todos felizes pelos bons momentos que passamos juntos ;-)


Bem, a viagem de Prado BA até Itabuna BA foi bem tranquila, o Jamanta me deu várias dicas ... tentei colocar em prática a maioria, mas deveria ter seguido todas!!! A principal é a atenção quanto ao combustível. Para quem rodar por alí tbm, aproveite para abastecer em Eunápolis BA, isso porque depois disso só fui encontrar um posto fulera perto de Buerarema, mais de 150 km de distância, ele me deu essa dica, mas como estava com mais de meio tanque decidi seguir ... felizmente o tanque da Fazer é grande e com isso acabei não tendo problemas, mas outras motos com certeza ficariam pelo caminho.

Sobre a pista, sem reclamações, fui por Itamaraju, e a pista mesmo sendo estadual está em ótimas condições, e com paisagens lindas...



Depois de Itamaraju, peguei a BR 101, as condições do asfalto também estão regulares, a única coisa que é chata é o grande volume de caminhões, ultrapassagens nem sempre são fáceis, mas sem problemas também. Depois de Eunápolis diminuiu a quantidade de caminhões, na verdade isso até me preocupou... pois se tivesse algum problema, os riscos seriam ainda maiores.

O problema que estou vendo em toda a extensão da BR 101 é o grande volume de animais na pista, um risco enorme, além de ser mão dupla, então nem sempre oferece chances de desviar, portanto, nem pensar em rodar a noite. Embora não tenha muitos buracos ... quando aparece algum, são verdadeiras crateras, atenção máxima !!! 


Como já dito, não tive problemas ... então um pouco mais de 3 horas depois já estava em Buerarema, parei num bom posto para completar o tanque e almoçar, no posto Timbuibão, mas tive minha primeira experiência negativa da viagem, roubaram meu óculos de sol :-( como sempre andamos cheios de apetrechos ... capacete, luva, mochila, casaco ... deixei tudo em cima de mesa depois do almoço por alguns minutos ... e quando voltei, nada dos meus óculos :-( que prejuízo :-( , pelo menos agora estou um pouco mais cuidadosa, confiando menos ... complicado :-(

Bem, Itabuna é uma cidade grande, mas bem sinalizada para o bairro que eu precisava ir. Fiquei hospedada gentilmente na casa do meu amigo Victor, e desde já agradeço muito a hospitalidade e cordialidade de vocês, foi muito divertido :-D

A noite, pra começar a curtir o local, fomos ao shopping e ao circo do Marcos Frota, recomendado, bem divertido, um espetáculo :-)




E os palhaços são tão bonitinhos *-* rsrs nos divertimos igual criança \o/


No dia seguinte demos uma volta pela cidade, eu precisava trocar o pneu e o óleo, mas os preços estavam muito altos, além de ter detestado o atendimento das oficinas, por sinal, o mau atendimento foi uma característica que observamos em todo o estado =/

O pneu estava mesmo caro, mas garanti a troca de óleo na oficina do Nariga, gostei do pessoal de lá, preço na média, atendimento legal e relativamente limpo, então vou deixar a dica ;-) :tel (73) 36162645 -narigamotos@hotmail.com , Av Princesa Isabel, 969, São Caetano, Itabuna BA.

No sábado, junto com a Dona Lourdes, fomos para Ilhéus, como estávamos em 3, fomos de ônibus mesmo, o que é legal tbm, dessa forma continuamos fugindo da rotina dos turistas :-D . Ilhéus é uma cidade linda, a terra do chocolate, cheia de atrações, realmente legal, mas chamo a atenção para a falta de limpeza em alguns lugares mais simples ... já sabe né, longe da vista cotidiana ... mas amei o lugar :-D segue algumas fotos:





Foi muito engraçado o Victor ...


...e a Dona Lourdes me ensinando a comer caranguejo kkkkkk essas caipiras do interior de São Paulo que nunca vê essas coisas diferentes rsrs .... trem complicado ¬¬'


O prato estava bonito ...


Mas fiquei com aflição do mesmo jeito kkkkk negócio estranho de pegar, duro de tirar carne, estava tão receosa que se mexesse qualquer patinha eu sairia correndo rapidinho kkk e sim, ele estava morto e cozido, mas é tenso poowww


E "bora" curtir as praias \o/







A noite fomos conhecer o centro histórico, famoso pela história de Gabriela, de Jorge Amado, e é realmente bonito, fico encantada pela arquitetura ...




O famoso Bar Vesúvio ...


E apesar de não ser católica, achei a catedral linda também ...



No domingo já segui pra Salvador, mas Itabuna e Ilhéus com certeza foram lugares especiais, afinal, se cheguei até aí sozinha, vou chegar longe ... hehe

O Victor e Dona Lourdes foram fantásticos, obrigada mesmo por tudo, prazer enorme encontrá-los, são pessoas assim que enriquecem os lugares e fazem essas aventuras valerem a pena, pois mais do que lindos lugares a descobrir, são as pessoas que são lembradas com carinho.

Obs: Ahhh a Dona Lourdes faz o melhor Acarajé e Abará da Bahia \o/ provei finalmente o Acarajé hein, recomendadíssimo, muito bom mesmo !!! hehe

e vamos que vamos \o/

Comentários

  1. Ohh minha linda amei o post hehehe , nossa fico sem palavras , eu que te agradeço linda por você ter vindo , você é uma pessoa muito especial para mim e você sabe disso , com certeza haverá outras viagens e você vai ser bem recebida e hospedada , grande beijo minha linda , você mereçe isso tudo e muito mais, pois você é uma pessoa muito especial :D , grande beijo e curta o resto das férias heim hehehehe :P

    ResponderExcluir
  2. Noellen, muito legal o post, estamos acompanhando daki . Q bom q trocou o pneu hein rsrs fico aliviado hehe.. Tu vai passar por Brasília? Vi q levaram seus óculos, cuidado com a carteira lá! (sem preconceitos Guga) A Jane ta te mandando um beijo e diz que quer mesmo é fazer parte das fotos nas partes da viagem q não fomos (dessa vez). Bjão e boa viagem aí. Vai q vai

    ResponderExcluir
  3. Agora me explica uma coisa: como é q do guaiamum vc saiu correndo e o caranguejo vc lambeu os beiços??? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A primeira de muitas - Ponta Grossa, Curitiba e Antonina - 07 a 11 de Julho

Como diz Fernando Pessoa, "a vida é o que fazemos dela", e para viajantes, a fazemos muito mais bonita!

Assim foram os dias 07 a 11 de Julho, onde o Cassiano e eu percorremos as estradas de São Paulo e Paraná. Certa vez li que uma viagem vem para nos tornar conhecedores de si mesmos e sinceros nas atitudes, e essa viagem veio pra solidificar ainda mais nosso sentimento, proporcionar conhecer ainda mais um ao outro, sentir nossa alegria em estar junto e dar a certeza que desejamos muitos e muitos kms de alegria, as vezes cada um com sua moto...as vezes os dois em uma moto...de ônibus...a pé...não importa, o que vale é estarmos sempre cheios de expectativas e abertos para as novas experiências que estão surgindo.

Mas senta que lá vem história...

No dia 7 saí de Jundiaí e fui encontrá-lo em Capão Bonito, de lá seguimos pra Ponta Grossa, nosso primeiro destino. Nosso objetivo por lá era conhecer a Abadia da Ressurreição, um mosteiro muito bonito cujos monges belamente apresentam…

Uma pessoa especial...

Sou uma motociclista que sempre foi independente, dona de si e que se esforça em realizar os sonhos de estrada, mas tbm sou uma mulher que, junto com as aventuras de ir longe...tbm sonha em ter a cia de alguém especial, que encontre um sorriso ao lado quando acordar em algum hotel por aí, alguém que queira dividir momentos, sonhos, família e muito carinho.

A música abaixo do Paolo representa bem o que eu sentia:

"Quero uma pessoa como eu Que me aceite como eu sou Que precise de carinho e de amor Quero uma pessoa como eu Que aprenda a me escutar Que entenda o que diz o meu olhar Que não fique por ficar Quero alguém afim de viajar no por do sol
Que acenda no meu céu todas as estrelas do prazer
Eu só quero alguém pra me seguir Pra chorar e pra sorrir, aonde eu for Que não goste de mentir, que não saiba nem fingir Que me de muito valor na hora que eu me entregar
Mas eu só quero alguém pra me seguir Pra chorar e pra sorrir, aonde eu for Que não goste de mentir, que não saiba nem fingi…

15/11 - O dia que as coisas não saíram como o planejado

"Se algo pode dar errado, dará!" 
Esta é a famosa lei de Murphy, e é impressionante como se contextualiza em viagens de moto. No nosso Giro não poderia ser diferente, e pra falar a verdade, ela veio a tona dia 15/11 , o dia em que NADA deveria ter dado errado.

Bem, saímos pela manhã do hotel Liporaca, em Rio Gallegos.


O Alfredo estava tbm quase pronto pra sair, mas como ele anda muito e estava com uma BMW fomos na frente, mas não demorou muito para que nos alcançasse.

Nos ajudou muito explicando como proceder na Aduana, pois neste trecho passamos pelo Chile, acredito que menos 300 kms, mas é necessário seguir os procedimentos de entrada e saída do país.

O dia já não começou muito bem quando pedi a caneta emprestada do atendente chileno. Ele emprestou e falou para devolver, ok, mas emprestei pra um dos colegas, que foi passando para outro, e para outro, e depois chegou um ônibus... todo mundo usando... quando fui ser atendida, qual a primeira coisa que o atendente pediu? A …